You are currently viewing O que é Guest Post? Como executar a estratégia corretamente

O Guest Post é o “morto” da vez do marketing digital.

De tempos em tempos, as pessoas e profissionais de marketing elegem algum novo personagem para “matar”. Personagem esse que quase nunca morre de verdade.

Disseram que o SEO estava morrendo. Mas, muito pelo contrário: as empresas com melhores resultados online usam o SEO.

Disseram que o blog estava morrendo. E, bem, estamos aqui!

O morto da vez é o Guest Post. Existe um movimento internacional contra essa que é uma ferramentas de maior resultados para SEO.

Os coveiros do marketing vão dizer: “Ah! Mas o Google se posicionou contra o Guest Post”.

Não! Ele se posicionou contra o uso errado do Guest Post e a criação de SPAM.

Neste artigo vamos entender um pouco mais sobre o guest post, as boas práticas recomendadas, os principais conceitos e muito mais.

Quer ter sucesso com a estratégia de guest post? Fique conosco até o final deste artigo.

Boa leitura!

O que é guest post?

Guest post é uma prática comum no universo do marketing de conteúdo, que consiste em publicar um artigo como convidado em outro blog. O guest post foi historicamente utilizado para angariar links externos que apontavam para o site.

Hoje, no entanto, o guest post tem funções ainda mais profundas, que também são úteis à otimização para os mecanismos de busca.

Existem guest post pagos, que é quando o site onde o artigo será publicado exige uma quantia monetária para fazer a publicação.

Mas há, também, empresas que permitem a publicação de guest posts gratuitos, sobretudo quando o conteúdo produzido é de grande valor e relevância.

Conceitos importantes relacionados a guest post

De forma bastante objetiva, antes de qualquer aprofundamento no assunto, é preciso compreender alguns dos principais conceitos relacionados ao guest post.

São termos que frequentemente vão aparecer aqui em nosso post, em outros conteúdos da web e até no vocabulário do dia a dia de profissionais da área.

Por isso, muita atenção às definições a seguir:

O que é link building?

Link building significa receber links de qualidade de outros sites, aumentando a autoridade e melhorando o aparecimento nos resultados orgânicos.

Você sabia que 93% das experiências na internet começam nos buscadores, especialmente no Google?

É por isso que o Google otimiza cada vez mais a forma como os resultados aparecem nas pesquisas.

Um site não aparece nas primeiras posições por sorte, mas porque cumpriu e alcançou uma série de requisitos.

E um dos principais requisitos é a autoridade do site.

Essa autoridade é definida por diversos fatores, como idade do domínio e, também, a quantidade de links que um site recebe de outros.

Você deve ter notado que, logo na segunda linha deste subtítulo, nós colocamos um link para um site americano que é a fonte da estatística que destacamos.

Isso é o link building, na prática! O site Inter Growth foi referenciado em nosso conteúdo, fazendo com que o Google entenda que aquele site é uma importante referência no assunto em questão.

O resultado disso é que a autoridade do site está crescendo, fazendo com que o Google o exiba mais vezes em seus resultados orgânicos.

O que é texto âncora?

Texto âncora é o termo clicável que aparece nos conteúdos. Ele tem uma função estratégica e influencia diretamente nos resultados de SEO.

Um texto âncora que surgirá com bastante frequência em nosso blog é sobre comprar textos para blog.

Note que a expressão acima é clicável e está dentro de um contexto natural.

Para os mecanismos de busca, tais termos são muito importantes, porque revelam um conteúdo referência para o assunto em questão.

O que é SPAM?

Talvez você já tenha tido a experiência de pesquisar sobre um assunto no Google e cair em um site que não apresentou a resposta ideal para sua pergunta e, muito pelo contrário, tinha de tudo menos a sua resposta.

Isso é o tipo de coisa que é considerada SPAM no SEO.

O SPAM no SEO são práticas ou conteúdos nocivos à experiência do usuário, feitos para burlar e manipular os algoritmos dos buscadores. São, portanto, práticas não recomendadas e penalizadas pelo Google, por exemplo.

Ainda vale a pena utilizar guest post?

Essa é a pergunta clássica daqueles que têm dado ouvidos aos coveiros do marketing digital.

A resposta é SIM, vale muito a pena utilizar guest post em sua estratégia de SEO e redação de conteúdo.

No entanto, tal uso precisa ter qualidade em três níveis: no conteúdo, no processo e na parceria.

Os problemas relacionados ao guest post ocorrem porque alguns conteúdos produzidos não têm qualidade, ou porque o processo e a parceria não foram bem desenvolvidos.

Recentemente, John Muller, líder do time de Search Relations do Google, expressou, através de um post no Twitter, palavras bem negativas com relação à prática do guest post. Os coveiros do marketing ficaram animados com isso.

Mas será que ele condenou TODA a prática de guest post, como muitos sites têm afirmado?

Embedar post do Twitter

A princípio parece que sim. Mas basta observar o contexto dessa publicação para entender que John não estava falando de todos os guest posts, mas sim de posts que não seguem as práticas recomendadas.

A resposta de Muller ocorreu para o seguinte twitte:

incorporar outro post

O usuário em questão estava falando sobre a publicação em grandes sites fora do contexto de seus clientes. Forbes, Entrepreneur e Huffingtonpost são grandes sites americanos que, por vezes, vendem espaço para que empresas publiquem em suas páginas.

Esse tipo de coisa é condenado pelo Google, justamente porque não há uma naturalidade entre os assuntos abordados.

Não tem um porquê, trazendo para a realidade brasileira, um aplicativo de decoração publicar no G1, um portal de notícias. Essa falta de fit entre blogueiro convidado e site em que é feita a postagem é uma prática não recomendada.

Note que, no print acima, logo antes da notícia começar, há uma inscrição “conteúdo de marca”. Isso significa que essa notícia foi comprada e redigida pela marca, provavelmente utilizando ferramentas próprias para isso.

Esse tipo de guest post é negativo e facilmente identificado pelo Google.

Vantagens do guest post

O guest post feito a partir das boas práticas recomendadas conta com inúmeras vantagens para quem adere a essa estratégia.

Os impactos são, de forma geral, positivos para atrair tráfego a partir de outros sites e melhorar os resultados orgânicos do site da marca (desde que seja executada uma boa estratégia de link building).

Confira, a seguir, algumas das vantagens do guest post:

Tráfego de referência

O guest post atrai tráfego de referência.

Esse tipo de tráfego está ao lado do orgânico e do pago como as principais maneiras como as pessoas chegam a um site.

Resumidamente, o tráfego de referência é o número de usuários que chegam a um site a partir de links dispostos em outros sites.

O guest post é uma forma de ter tráfego de referência, justamente porque o site será referenciado em outras páginas e websites.

Construção de lista de e-mail e geração de leads

O guest post também pode ser uma forma de construir uma lista de e-mail.

As listas de e-mails são importantes para que uma marca não seja refém das mídias sociais, por exemplo.

Se uma empresa tem as redes sociais como único canal de comunicação com os clientes, o futuro é totalmente incerto.

Isso porque pode acontecer da conta ser suspensa ou da rede social sair do ar, por exemplo.

Ao perder essa fonte de comunicação, a empresa também perderá o acesso aos clientes.

Com o e-mail, em contrapartida, isso não acontece.

Uma lista de e-mail não pode ser tirada de você. Ao lado do site, é o único ativo que é seu de verdade.

Um guest post pode ajudar na construção de uma lista de e-mails ao, por exemplo, durante o conteúdo ou na call-to-action do final, ter links para páginas de geração de leads.

Bons resultados para SEO

Um guest post bem feito também gera bons resultados para SEO.

É sabido que ter links de referência apontando para uma página eleva sua autoridade e a faz ser melhor vista pelos buscadores.

Com o guest post é possível contar justamente com isso, ou seja, outros sites referenciando para o seu.

Mas é importante garantir que o site onde será publicado o guest post tenha bastante autoridade.

Para mensurar a autoridade de um domínio, existem diversas ferramentas que contam com essa funcionalidade, como Ubersuggest, por exemplo.

Construção de autoridade

Um guest post gera resultados mesmo se não houver links para seu site (embora seja recomendada a presença dos links).

Isso porque, para o Google, a simples menção da sua marca em outros sites já representa um fator que aumenta o nível de autoridade.

A menção sem link significa que sua empresa é popular para determinado assunto, o que representa muito para SEO, por exemplo.

Exemplo de guest post

Vamos entender o guest post na prática?

Aqui no Texto Para Blog nós temos um espaço especial para que gestores de marketing ou conteúdo possam construir estratégias de guest post.

Por isso, nossos clientes utilizam bastante a estratégia, e sempre com ótimos resultados.

É o caso, por exemplo, do Galax Pay, uma plataforma que existe para facilitar a gestão de recebimentos.

Dentro do seu público-alvo estão pessoas do setor de vendas, justamente porque são decisores importantes na hora de escolher uma plataforma de pagamentos.

Por isso a empresa escolheu a Resultados Digitais para a produção de um conteúdo exclusivo para o site.

O conteúdo foi redigido por um redator do Texto Para Blog e já foi publicado, conforme o print a seguir:

Como utilizar guest post na estratégia de marketing

O guest post deve ser usado como um complemento à estratégia de marketing de conteúdo.

Antes de fazer um guest post recomenda-se ter um blog bem alimentado, com conteúdo de valor e materiais relevantes para a persona.

Somente com esse terreno preparado é que investir em guest post fará sentido.

A forma correta de utilizar guest post

Existe uma forma correta de usar o guest post na estratégia de conteúdo.

Não basta, portanto, conseguir publicar em alguns sites, é preciso que faça um sentido real para a estratégia da sua marca.

A seguir preparamos, de forma bastante objetiva, alguns elementos-chave para você conseguir utilizar o guest post da forma correta. Confira:

Publique apenas em blogs relevantes

Não publique um guest post em qualquer site ou blog. Ao invés de ajudar, isso pode te atrapalhar, e muito!

O seu guest post deve ser publicado em blogs relevantes e sites com uma grande autoridade.

Como já citamos aqui, um bom site para identificar a autoridade de um domínio é o Ubersuggest:

Use os textos âncoras da forma correta

Os textos âncoras devem ser utilizados da forma correta.

No início do nosso artigo explicamos o que é o texto âncora.

Para utilizá-lo da forma correta, portanto, é preciso seguir algumas boas práticas. Listamos algumas a seguir:

  1. escolha quais páginas receberão os links do seu guest post;
  2. busque sinônimos da palavra-chave principal da página que receberá o link;
  3. transforme esses sinônimos em textos âncoras;
  4. nunca use a mesma palavra-chave do guest post como texto âncora.

Seguir essas dicas é importante porque, caso você utilize a palavra-chave principal como texto âncora, o Google pode interpretar como SPAM.

Produza artigos originais e que gerem valor

Essa é uma dica geral para toda produção de conteúdo, mas se aplica especialmente para o guest post.

Nunca utilize conteúdo duplicado ou copiado. Isso gera resultados muito negativos e penalizações no ranqueamento.

A presença é mais importante que os links

Embora os links apontando para seu site sejam também importantes, o mais importante mesmo é a menção da sua marca.

Como dissemos acima, a menção pode ser mais positiva do que os links.

A presença excessiva de links apontando para seu site, inclusive, pode ser interpretada como SPAM pelo Google, causando efeitos negativos.

Como ter sucesso na estratégia de guest post?

Para ter sucesso na estratégia de guest post é preciso desenvolver uma estratégia completa.

Não basta conseguir a inserção de alguns posts aqui ou ali, é preciso fazer com que tudo possa convergir em prol dos resultados de marketing pretendidos.

Para mais uma vez de ajudar, separamos mais alguns tópicos que trarão sucesso à sua estratégia de guest post.

Faça um bom planejamento

Em primeiro lugar deverá ser feito um bom planejamento.

Esse planejamento deve conter algumas informações importantes como, por exemplo:

  • objetivo da estratégia de guest post (mais tráfego de referência, autoridade de domínio, geração de leads, resultados de SEO, etc.);
  • sites com potencial para receber os guest posts;
  • páginas que receberão os textos âncoras;
  • como será feito o contato com os sites e blog;
  • temas que poderão ser abordados.

Contrate redatores especializados no tema do blog onde será feita a publicação

Ao produzir um conteúdo de guest post, o mesmo não pode virar uma propaganda da sua marca.

Pelo contrário, o conteúdo deve ser relevante e parecer o menos possível com uma publicidade.

Por isso o ideal é contar com redatores que sejam especialistas no tema do blog que receberá seu guest post, para que todo o conteúdo seja produzido na perspectiva do assunto principal de blog em questão.

No Texto Para Blog você encontra mais de 50 redatores especialistas nas mais diversas áreas.

Defina os temas pensando na persona

O foco do guest post não pode ser a sua empresa, pelo contrário, a persona deve estar no centro da produção do conteúdo.

E aqui há algo muito importante: as personas da sua empresa e do site que publicará seu guest post devem ser semelhantes. Não faz sentido publicar em um site muito distante do seu público.

É preciso que haja algo em comum.

No exemplo do guest post do Galax Pay, citado acima. Dentre as personas dessa empresa estão pessoas que desempenham funções financeiras. O site da Resultados Digitais também tem um público muito semelhante a esse.

Crie um cronograma de produção, aprovação e postagem

E para que tudo ocorra bem, defina datas para que os posts sejam produzidos e aprovados.

Para o guest post existe uma dupla aprovação: aquela interna, por parte da sua empresa, e aquela externa, por parte da empresa que efetuará a postagem.

Não deixe de combinar, também, a data em que a postagem deverá ser feita pela empresa parceira.

Cuidados para guest post não ser considerado SPAM pelo Google

O guest post é uma estratégia que funciona, mas que, quando feito equivocadamente, pode ser considerado SPAM pelo Google e gerar resultados bem negativos.

Por isso alguns cuidados devem ser tomados para evitar penalizações por parte do Google, confira-os a seguir:

  • garanta que os conteúdos produzidos sejam originais;
  • use links naturalmente, sem forçar a barra;
  • faça uma linkagem interna no artigo com links do site onde será realizada a publicação.

Como encontrar blogs parceiros para guest posts?

Se você chegou até aqui é porque entendeu que o guest post não é um problema, como muitos sites falam por aí.

Na verdade, compreendeu que, quando bem feito, o guest post traz inúmeros benefícios.

No entanto, talvez esteja se questionando: mas como encontrar blogs parceiros para publicar meus guest posts?”.

Essa tarefa pode ser mais fácil do que perece, desde que você siga as dicas a seguir:

Faça uma abordagem direta para sites de interesse

Entre em contato com sites de interesse, falando sobre o tema que você deseja abordar e como isso faria sentido para ambos.

Crie relacionamento com o mercado

Um bom networking é essencial para conseguir publicar guest posts em sites parceiros. Use redes sociais corporativas como o LinkedIn, por exemplo, para criar vínculos com pessoas com poder de decisão em sites de interesse.

Produza conteúdo de valor, constante e de referência

Tenha uma constante produção de conteúdo e a outras empresas vão te reconhecer por sua autoridade, cedendo espaço para guest post com muito mais facilidade.

Conte com uma plataforma adequada para gerenciar guest post

Por fim, conte com uma plataforma que te ajude a gerenciar seus guest posts.

Na plataforma exclusiva do Texto Para Blog, os clientes podem contar com uma gestão completa da estratégia de guest post, inclusive gerenciando link building e backlinks.

Além disso, a funcionalidade ainda permite gerenciar parcerias, cadastrar perfis desejados de sites, controlar os processos através de um pipeline de gestão dos status, relatórios e muito mais.

Conclusão

Gostou do nosso conteúdo? Ele foi pensado e redigido para você conseguir ter sucesso com o seu blog corporativo.

Para alcançar esse sucesso você precisará comprar textos para blog, afinal, gerir um time interno de conteúdo é muito caro. Mas será que realmente vale a pena contratar freelancers? Ou as agências de conteúdo são a melhor opção?

Acesse agora mesmo o material que preparamos com a análise completa das melhores opções para comprar textos para blog e descubra o caminho ideal para sua empresa.

Marcos Favero

No marketing de conteúdo desde 2018, minha atuação profissional é marcada pela flexibilidade, já que consigo escrever para mercados diversos e distintos, como agronegócio, desenvolvimento pessoal, tecnologia, marketing, finanças, espiritualidade e muito mais!